Jimi Hendrix é uma lenda na música. Seu estilo inovador de tocar guitarra e suas composições revolucionaram a forma como a música rock é tocada e ouvida. Sua morte prematura em 1970 deixou um vazio imenso para seus fãs e para a indústria musical em geral. Mas mesmo após sua morte, o legado de Hendrix ainda está presente em sua obra pós-mortem, incluindo dois álbuns muito discutidos: Crash Landing e Midnight Lightning.

Crash Landing foi o primeiro álbum pós-morte de Hendrix. Lançado em 1975, quase cinco anos após a morte do músico, foi o resultado de uma série de sessões de gravação que ocorreram entre 1969 e 1970. O álbum foi finalizado com a ajuda do produtor Alan Douglas em 1974, que regravou muitas das faixas e adicionou overdubs. Essa abordagem controversa levou muitos fãs e críticos a questionar a autenticidade do álbum. Mesmo assim, Crash Landing ainda é uma parte importante do legado de Hendrix, apresentando clássicos como Message to Love e Stone Free.

Midnight Lightning, lançado em 1975, é outro álbum pós-morte de Hendrix. Foi novamente produzido por Alan Douglas, mas dessa vez o produtor foi mais discreto em seu trabalho. A maioria das faixas foram gravadas por Hendrix em vida e algumas foram até lançadas anteriormente em álbuns como Rainbow Bridge e War Heroes. Mesmo assim, Midnight Lightning ainda é cercado por controvérsias em relação às decisões de produção da equipe de Douglas.

Crash Landing e Midnight Lightning são duas partes importantes do legado de Hendrix. Embora muitos fãs e críticos discutam sua autenticidade e qual são as intenções de suas produções, é inegável que o talento e a inovação de Hendrix são atemporais e continuam a inspirar artistas hoje.

Além de seus álbuns póstumos, Hendrix deixou um legado impressionante em sua carreira curta, mas icônica. Seu estilo inovador de tocar guitarra influenciou gerações inteiras de músicos. Sua parceria com a banda The Jimi Hendrix Experience produziu clássicos atemporais, como Purple Haze, Hey Joe e Voodoo Child (Slight Return). Mesmo após mais de cinquenta anos desde sua morte, sua música continua a ser um ícone para fãs de música do mundo todo.

Em resumo, Jimi Hendrix foi um dos maiores músicos de todos os tempos, e suas obras pós-mortem ainda são debatidas entre fãs e críticos. Seus álbuns Crash Landing e Midnight Lightning são controversos, mas fazem parte importante do legado de Hendrix, juntamente com sua carreira curta, mas icônica. Sua música continua a inspirar músicos de todo o mundo, e Hendrix será lembrado como uma lenda da música para sempre.