No universo fictício de Meu Malvado Favorito 2, um novo vilão surge para atormentar a vida dos personagens, especialmente Gru, o protagonista da história. O vilão em questão é El Macho, um ex-vilão aposentado que se tornou um dono de restaurante mexicano aparentemente inofensivo, mas que esconde um desejo insaciável de retorno ao mundo do crime.

A primeira aparição de El Macho é recebida com muito entusiasmo pelos fãs, que estão ansiosos para ver como Gru e sua equipe lidarão com um novo inimigo. El Macho é um vilão marcante pelo seu visual extravagante e sua personalidade carismática, que rapidamente conquista a audiência.

Porém, assim como outros vilões anteriormente apresentados na franquia de Meu Malvado Favorito, El Macho também tem suas falhas de caráter - ele é inescrupuloso, manipulador e não hesita em colocar sua própria vida em risco para atingir seus objetivos.

Com o desenrolar da narrativa, a figura de El Macho começa a gerar uma divisão entre os fãs de Meu Malvado Favorito 2. Enquanto alguns apreciam sua personalidade marcante e sua habilidade em criar situações de tensão, outros sugerem que o vilão é menos complexo e menos interessante do que outros antecedentes da história, como o vilão do primeiro filme, Vector, ou mesmo o ex-parceiro de Gru, Dr. Nefario.

Através de uma análise crítica da figura de El Macho, é possível concluir que, embora seja um vilão de grande impacto, suas falhas de caráter e sua relativa falta de profundidade não o tornam tão relevante quanto outros vilões já apresentados anteriormente nas histórias de Meu Malvado Favorito. Mesmo assim, a figura de El Macho ainda pode ser considerada uma presença marcante na franquia e um vilão que deixou muitas pessoas fascinadas.

Em resumo, apesar de seu impacto inicial e do patamar histórico que a figura de El Macho ocupará na franquia, a falta de profundidade e complexidade presente em sua personalidade gerou uma certa divisão entre os fãs da história. Isso mostra que, mesmo em um ambiente tão fantasioso e lúdico, é possível aplicar análises críticas que ajudam a entender o que funciona em termos de narrativa e personagens e o que não é tão bem sucedido.